Utilizar pacotes Snap no Manjaro.

Como o tutorial do Flatpak, esse também já está um pouco atrasado. Como o anterior, irei mostrar neste como instalar e manter os pacotes Snaps.

Instalação.

Modo gráfico: procure e instale snapd.
Terminal: use o comando abaixo.
sudo pacman -S snapd

Habilitar o início junto com o sistema.
sudo systemctl enable snapd.socket

Inicie snapd.
sudo systemctl start snapd.socket

Para suportar aplicativos “clássicos”, utilize o comando abaixo.
sudo ln -s /var/lib/snapd/snap /snap

Reinicie seu sistema.

Após instalar o pacote para ter suporte, agora vamos ver como utilizar os aplicativos Snap.

Procurar aplicativos.
snap find “nome do aplicativo”

Você pode verificar o nome correto dos aplicativos na snapcraft.

Instalar aplicativos.

sudo snap install “nome do aplicativo”

Instalar aplicativos clássicos.
sudo snap install “nome do aplicativo” --classic

Remover aplicativos.
sudo snap remove “nome do aplicativo”

Verificar quais aplicativos estão instalados.
snap list

Verificar o horário da última atualização e para a próxima.
sudo snap refresh --time

Atualizar manualmente os aplicativos Snaps.
sudo snap refresh

 

Créditos.

ArchWiki

 

 

 

Caso algum programa que você goste ainda não tenha uma versão para Manjaro, por favor, escreva nos comentários o nome do programa que iremos procurar por algum equivalente ou, se possível a portabilidade para Manjaro, entraremos em contato com desenvolvedores.

Por favor, não deixe de compartilhar nas redes sociais as publicações deste blog, pois nosso incentivo para produzir um conteúdo bacana é saber que estamos ajudando pessoas a conhecer cada vez mais as funcionalidades dessa maravilhosa distro Linux.

Facebook

Twitter

Google+

Canal no Telegram

Grupo no Telegram

Aplicativo móvel do blog

Anúncios

Utilizar pacotes Flatpak no Manjaro.

Apesar de estar um pouco atrasado com esse tutorial, hoje vou mostrar como instalar e manter os pacotes Flatpak no sistema. O Manjaro já tem suporte para flatpak há algum tempo, e você pode conferir quais programas tem pacotes flatpak no repositório Flathub.

O pacote que introduz suporte ao flatpak já vem instalado por padrão no Manjaro, mas como temos a versão do Manjaro Architect, irei deixar processo de instalação.

Instalação.

Modo gráfico: procure e instale flatpak.
Terminal: use o comando abaixo.
sudo pacman -S flatpak

Agora que todos tem o pacote instalado, vamos ao processo de instalação dos pacotes flatpak. Temos duas partes distintas, uma é adicionar um repositório que contém os pacotes, a outra é a de instalação dos pacotes.

Como mencionei anteriormente, o Manjaro já vem com suporte ao flatpak (isso inclui o repositório do Flathub) e essa primeira parte não é necessária para quem instalou o Manjaro com as ISOs padrões.

Adicionar Repositório.

Adicionar Repositório.
flatpak remote-add "nome do repositório" "url do repositório"

Remover Repositório.
flatpak remote-delete "nome do repositório"

Atualizar Repositório.
flatpak update

Exemplo do comando para adicionar um repositório, irei usar o flathub que já vem por padrão.

flatpak remote-add flathub https://dl.flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo

Depois de adicionar e atualizar o repositório, podemos instalar os pacotes.

Instalar Aplicativo.

Pesquisar pacotes.
flatpak search "nome do aplicativo"

Instalar um pacote.
flatpak install "nome do repositório" "nome remoto do aplicativo"

Listar pacotes instalados.
flatpak list

Executar um programa.
flatpak run "nome remoto do aplicativo"

Atualizar um pacote.
flatpak update "nome remoto do aplicativo"

Desistalar um pacote.
flatpak uninstall "nome remoto do aplicativo"

Exemplo dos comandos para um programa, irei instalar o jogo OpenArena.

flatpak search openarena

flatpak install flathub ws.openarena.OpenArena

flatpak run ws.openarena.OpenArena

flatpak update ws.openarena.OpenArena

flatpak uninstall ws.openarena.OpenArena

Agora é só instalar e utilizar.

Créditos.

ArchWiki

 

 

Caso algum programa que você goste ainda não tenha uma versão para Manjaro, por favor, escreva nos comentários o nome do programa que iremos procurar por algum equivalente ou, se possível a portabilidade para Manjaro, entraremos em contato com desenvolvedores.

Por favor, não deixe de compartilhar nas redes sociais as publicações deste blog, pois nosso incentivo para produzir um conteúdo bacana é saber que estamos ajudando pessoas a conhecer cada vez mais as funcionalidades dessa maravilhosa distro Linux.

Facebook

Twitter

Google+

Canal no Telegram

Grupo no Telegram

Aplicativo móvel do blog

Recuperar grub EFI

Depois de ver muitas pessoas com o problema de perder o grub após uma atualização do Windows, comecei procurar um método simples para corrigir esse pequeno problema para quem utiliza o dual boot com Windows.

Encontrei um método descrito pelo Gideon, é uma forma bem simples e rápida para recuperar o grub.

Requisitos.

Você precisará de uma liveusb.
Você tem que saber identificar o disco e a partição onde se encontra a pasta EFI.

Exemplo.
# /dev/sdb
HD onde está a partição /boot/efi.
Ex: partição sda, sdb, sdc, etc…
# –part 4
Número da partição /boot/efi.
Ex: partição sdb4.

# –label “Nome Opcional”
Ex:–label “Manjaro GRUB”

Tutorial.

Ao iniciar a mídia de instalação do Manjaro, clique em Detected EFI Bootloader (se esta opção não aparecer, o UEFI não está ativado em seu computador).

photo_2018-06-01_21-20-39

Na próxima tela, selecione a entrada de boot com o nome Manjaro (atenção para não selecionar a própria mídia live).

photo_2018-06-01_21-20-55

Com isso, o sistema instalado será carregado e o GRUB deve aparecer.

photo_2018-06-01_21-21-07

Com o sistema já carregado, siga os passos abaixo para a recuperação do grub.

Terminal.

Abra o terminal e utilize os comandos abaixo.

Para facilitar a identificação, utilize no terminal o comando lsblk.

Após a identificação, utilize o comando:
cd /boot/efi

Agora, execute o comando.
Altere conforme o seu sistema, reveja o exemplo mencionado acima.

sudo efibootmgr --create --disk /dev/sdb --part 4 --loader /EFI/Manjaro/grubx64.efi --label "Manjaro GRUB" --verbose

 

Reiniciar o computador e voltar ao seu trabalho ou diversão.

Créditos.

Arch Linux
Fedora
Gentoo

 

Caso algum programa que você goste ainda não tenha uma versão para Manjaro, por favor, escreva nos comentários o nome do programa que iremos procurar por algum equivalente ou, se possível a portabilidade para Manjaro, entraremos em contato com desenvolvedores.

Por favor, não deixe de compartilhar nas redes sociais as publicações deste blog, pois nosso incentivo para produzir um conteúdo bacana é saber que estamos ajudando pessoas a conhecer cada vez mais as funcionalidades dessa maravilhosa distro Linux.

Facebook

Twitter

Google+

Canal no Telegram

Grupo no Telegram

Aplicativo móvel do blog

Corrigir erro de PGP na atualização.

Como mencionado na postagem de ontem, hoje irei mostrar como resolver o erro de PGP ao tentar atualizar o sistema. Se você conhece um método mais simples, nos envie um email através do contato do blog.

Recentemente ao instalar o Manjaro 32 bits eu me deparei com o erro error:key ‘xxxxxxx’ could not be looked up remotely, e para que eu conseguisse continuar a instalação, utilizei os seguintes comandos.

Abra o terminal e utilize os comandos na sequência abaixo.

sudo rm -R /etc/pacman.d/gnupg

sudo rm -R /root/.gnupg

sudo gpg --refresh-keys

sudo pacman-key --init

sudo pacman-key --populate archlinux

sudo pacman-key --populate manjaro

sudo pacman-key --refresh-keys

Agora utilize o comando abaixo para atualizar.
pacman-mirrors -f 5 && sudo pacman -Syyu

Pronto, agora seu sistema está atualizado.

Esse tutorial pode ser utilizado tanto na versão 32 bits, quanto nas versões 64 bits.

Créditos.

Fonte
Imagem

 

 

Caso algum programa que você goste ainda não tenha uma versão para Manjaro, por favor, escreva nos comentários o nome do programa que iremos procurar por algum equivalente ou, se possível a portabilidade para Manjaro, entraremos em contato com desenvolvedores.

Por favor, não deixe de compartilhar nas redes sociais as publicações deste blog, pois nosso incentivo para produzir um conteúdo bacana é saber que estamos ajudando pessoas a conhecer cada vez mais as funcionalidades dessa maravilhosa distro Linux.

Facebook

Twitter

Google+

Canal no Telegram

Grupo no Telegram

Aplicativo móvel do blog

Correções no samba após 07 de Maio.

Se você utiliza o samba no Manjaro e está com problemas, veja as mudanças feitas após a atualização de 07 de Maio.

Unidades do samba renomeadas

smbd.service enmbd.service
para
smb.service enmb.service

O serviço fornecer o compartilhamento básico de arquivos por meio de ativação/habilitaçãosmb.service e/ou nmb.service dos serviços SMB . Veja as páginas man do smbd e nmbd para detalhes, pois o serviço nmb.service pode nem sempre ser necessário.

Permissões de diretório são diferentes.

As permissões de diretório são diferentes em /var/lib/samba/private/
filesystem: 755 pacote: 700

sudo chmod 700 /var/lib/samba/private/

Erro 255: net usershare add: não é possível converter o nome “Everyone” em um SID.

Atualmente, parece haver um problema ao usar group = sambashare com o Samba 4.8.1-1, que é usado por padrão no smb.conf fornecido pelo Manjaro.
Alterando para group = +sambashare ou force group = +sambashare resolvendo isso.

Comentar/remover group = sambashare também é uma solução viável.

Créditos.

Imagem: For U

Informações: Fórum Oficial do Manjaro

 

Caso algum programa que você goste ainda não tenha uma versão para Manjaro, por favor, escreva nos comentários o nome do programa que iremos procurar por algum equivalente ou, se possível a portabilidade para Manjaro, entraremos em contato com desenvolvedores.

Por favor, não deixe de compartilhar nas redes sociais as publicações deste blog, pois nosso incentivo para produzir um conteúdo bacana é saber que estamos ajudando pessoas a conhecer cada vez mais as funcionalidades dessa maravilhosa distro Linux.

Facebook

Twitter

Google+

Canal no Telegram

Grupo no Telegram

Aplicativo móvel do blog

Adicionar notificação ao terminal quando uma tarefa terminar.

Recentemente eu encontrei uma postagem no Sempre Update sobre o Undistract-me, e resolvi procurar o mesmo no Manjaro. Esse função me ajuda bastante, já que não preciso ficar verificando manualmente se a construção que eu faço da custom ROM Validus para o J5 (2015) teve algum erro.

Instalação.

Modo gráfico: procure e instale o pacote undistract-me-git.
Terminal: utilize o comando abaixo.
yaourt undistract-me-git

Configuração.

Use o comando abaixo para adicionar o undistract-me ao bashrc.
echo 'source /etc/profile.d/undistract-me.sh' >> ~/.bashrc

Utilize o comando abaixo para atualizar o bashrc.
source ~/.bashrc

Alterando a configuração padrão.

Tempo da tarefa.
Abra o arquivo de configuração com seu editor de texto.
sudo leafpad /usr/share/undistract-me/long-running.bash

Altere a linha abaixo para o tempo desejado.
LONG_RUNNING_COMMAND_TIMEOUT=10

Checar janelas em primeiro plano.

Adicione as informações para ser notificado se o terminal estiver em primeiro plano.

# Ignore windows check
if [ -z "$IGNORE_WINDOW_CHECK" ]; then
        IGNORE_WINDOW_CHECK=0
fi

Ativar som na notificação.

Altere a linha abaixo para 1.

de
# Default is not to play sound along with notification. (0 is false, non-zero is true.)
if [ -z "$UDM_PLAY_SOUND" ]; then
         UDM_PLAY_SOUND=0
fi
para
# Default is not to play sound along with notification. (0 is false, non-zero is true.)
if [ -z "$UDM_PLAY_SOUND" ]; then
          UDM_PLAY_SOUND=1
fi

Atualizar o bashrc.
source ~/.bashrc

Agora você será notificado após cada tarefa feita conforme sua configuração.

Caso algum programa que você goste ainda não tenha uma versão para Manjaro, por favor, escreva nos comentários o nome do programa que iremos procurar por algum equivalente ou, se possível a portabilidade para Manjaro, entraremos em contato com desenvolvedores.

Por favor, não deixe de compartilhar nas redes sociais as publicações deste blog, pois nosso incentivo para produzir um conteúdo bacana é saber que estamos ajudando pessoas a conhecer cada vez mais as funcionalidades dessa maravilhosa distro Linux.

Facebook

Twitter

Google+

Canal no Telegram

Grupo no Telegram

Aplicativo móvel do blog

Como ler as regras do grupo do blog no telegram?

Para tirar as dúvidas de quem já entrou no grupo do blog no telegram e já para explicar melhor aos novos leitores que entrarem, vou mostrar como ler as regras e como utilizar as #hashtags.

Ao entrar no grupo, inicie uma conversa com o robô ED no privado. Após iniciar a conversa com o ED no privado, utilize o comando /regras, as regras será enviada para você no privado.

Eu optei por essa forma para que o chat não fique poluído, assim as perguntas e respostas serão mais fáceis de encontrar posteriormente.

Agora que você já pode usar as #hashtags disponíveis no grupo, utilize o comando /extra lista para saber quais são elas.

Infelizmente o boot que utilizamos para a tradução de idiomas foi descontinuado, portanto, no momento não temos tradutor de idiomas.

As informações acima sobre como utilizar as regras e as #hashtags, são repassadas para os usuários ao entrarem no grupo, mais por algum motivo, muitos tentam utilizar outros comandos ou simplesmente não leem as regras.

Espero que todos consigam utilizar os comandos corretamente a partir de agora.

 

Esta postagem é agendada, portanto, não é direcionada a ninguém em especifico.

 

Caso algum programa que você goste ainda não tenha uma versão para Manjaro, por favor, escreva nos comentários o nome do programa que iremos procurar por algum equivalente ou, se possível a portabilidade para Manjaro, entraremos em contato com desenvolvedores.

Por favor, não deixe de compartilhar nas redes sociais as publicações deste blog, pois nosso incentivo para produzir um conteúdo bacana é saber que estamos ajudando pessoas a conhecer cada vez mais as funcionalidades dessa maravilhosa distro Linux.

Facebook

Twitter

Google+

Canal no Telegram

Grupo no Telegram

Aplicativo móvel do blog

WordPress.com para o Google Docs.

Recentemente ao abrir o WordPress desktop eu recebi uma notificação sobre o google docs, cliquei na notificação e fui redirecionado para a loja de extensão do Google Chrome.

Ao instalar a extensão e fazer os procedimentos para conceder as premiações necessárias, eu posso abrir um novo documento no Google Docs e após salvar, é criado automaticamente um novo rascunho em seu blog.

Infelizmente ainda não tem essa extensão para o docs do Android, mas, você pode escrever todo a sua postagem pelo docs do Android e depois pelo navegador usar o complemento do WordPress.

Exemplo:

Você começa escrever sua postagem pelo smartphone ou edita uma das postagens que você começou pelo docs do navegador, para que seja sincronizado o rascunho com seu WordPress, você só precisa entrar no docs do navegador, entrar no documento e escolher o complemento do WordPress e depois clicar em update.

Veja o vídeo de como usar/instalar o complemento do WordPress no navegador.

Clique neste link para instalar a extensão.

 

Caso algum programa que você goste ainda não tenha uma versão para Manjaro, por favor, escreva nos comentários o nome do programa que iremos procurar por algum equivalente ou, se possível a portabilidade para Manjaro, entraremos em contato com desenvolvedores.

Por favor, não deixe de compartilhar nas redes sociais as publicações deste blog, pois nosso incentivo para produzir um conteúdo bacana é saber que estamos ajudando pessoas a conhecer cada vez mais as funcionalidades dessa maravilhosa distro Linux.

Facebook

Twitter

Google+

Canal no Telegram

Grupo no Telegram

Aplicativo móvel do blog