Firefox Aurora- crie, teste, escale e muito mais com o único navegador feito exclusivamente para desenvolvedores.

Recentemente em uma de nossas pesquisas na AUR encontramos o Firefox Aurora e instalamos para ver como era o navegador, mas o mesmo não está disponível no idioma pt-BR. Então fizemos algumas alterações para que ele venha no idioma pt-BR, vamos disponibilizar as alterações para quem quiser testar.

Lembrando que ele não terá as atualizações automáticas pela AUR, estaremos atualizando o tutorial conforme sai atualizações.

Iremos editar o instalador para o Firefox Aurora Russo para que as pessoas que tem alguma desconfiança nos arquivos instaláveis que o blog disponibiliza também possam utilizar.

Instalação.
Modo gráfico: procure e instale o pacote correspondente ao seu idioma.
Ingles
firefox-aurora

Polish
firefox-aurora-pl

Russian
firefox-aurora-ru

Chinese Traditional
firefox-aurora-zh-tw

Terminal: use o comando correspondente ao seu idioma.
Ingles
yaourt -S firefox-aurora

Polish
yaourt -S firefox-aurora-pl

Russian
yaourt -S firefox-aurora-ru

Chinese Traditional
yaourt -S firefox-aurora-zh-tw

Instalação para pt-BR.
Use o comando abaixo no terminal.
yaourt -S firefox-aurora-ru

Na primeira vez que pedir para editar você digita S/Y e depois digite o nome do editor de texto do sistema. (kate, mousepad, gedit, etc …)

Procure e altere as linhas abaixo.

ru para _lang=pt-BR

Antes de prosseguir, vá até a pasta /tmp/yaourt-seu usuário, abra a pasta do Firefox-aurora-ru e abra o arquivo firefox-aurora-install e apague as linhas abaixo.

repo_info() {
echo “=============================”
echo “You can download the package in repo:”
echo “[home_alextalker_aur_Arch_Extra]”
echo “SigLevel = Never”
echo ‘Server = http://download.opensuse.org/repositories/home:/alextalker:/aur/Arch_Extra/$arch’
}

Deixando somente essas.

post_install() {
update-desktop-database -q
gtk-update-icon-cache -q -t -f usr/share/icons/hicolor
}

post_upgrade() {
post_install
}

post_remove() {
post_install
}

Salve e feixe o arquivo de texto e continue com a instalação, agora só digite S/Y se for para continuar a compilação, para as demais opções digite N.

Lembrando que neste método você terá que refazer toda vez que atualizarem o pacote russo na AUR.

Após a instalação é só procurar pelo atalho no menu e utilizar.

Se você quiser usar o instalável, use o link abaixo para baixar a versão mais recente compilada pela equipe do blog.
Instalador Firefox Aurora pt-BR (somente 64bits)

Se você sabe fazer as alterações corretas quando houver uma atualização, baixe o arquivo abaixo e compile você mesmo.
Firefox Aurora pt-BR

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+

Anúncios

Banco de dados para pentesters.

Banco de dados de regulação central de domínio com txpower/canais modificados para pentesters.  Por favor, respeite a lei em seu país.

Instalação.
Modo gráfico: procure e instale wireless-regdb-pentest.
Terminal: use o comando abaixo.
yaourt -S wireless-regdb-pentest

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+
Canal no Telegram

Stoplight Scenarios- a maneira indolor de testar, automatizar e depurar APIs da Web.

A plataforma Stoplight fornece um conjunto de produtos que cobrem todo o ciclo de vida da API de pré-produção. Promove uma filosofia de design-first,  o desenvolvimento de boas práticas de design em sua organização minimizará o custo futuro, acelerará o tempo de lançamento no mercado e levará a APIs mais consistentes e de melhor qualidade.

No Stoplight, tudo começa com design.  Nosso designer visual torna mais fácil para qualquer pessoa da sua organização modelar e documentar APIs, independentemente da complexidade.

Depurar com simples cenários uma etapa.

Screenshot_20170425_143355

Enviar solicitações de API.

 

 

Salvar os pedidos para mais tarde, compartilhá-los com a equipe e enviá-los com um único clique.

 

 

 

Executar cenários a partir da linha de comando

Screenshot_20170425_143639

 

 

Execute cenários diretamente do seu terminal, com um único comando. Integra-se facilmente em seu processo de integração contínua.

 

 

 

Teste com afirmações, JSON Schema e scripts.

Asserções de propriedade.
Screenshot_20170425_144010

 

 

Certifique-se de seus serviços da web e funções lambda retornar o que eles são supostos.

 

 

 

 

Teste de contrato com Swagger

Screenshot_20170425_144254

 

 

 

Link Swagger ou JSON schemas para adicionar testes de contrato para seus cenários.

 

 

 

 

Adicione etapas para encadear cenários mais complexos.

Execute uma etapa ou todo o cenário.

Screenshot_20170425_144550

 

 

 

Capture e use variáveis para passar dados entre as etapas.

 

 

 

 

Ambientes

Screenshot_20170425_144759

 

 

 

Use ambientes para mudar rapidamente as variáveis que estão sendo usadas.

 

 

 

 

Leia mais no site do Stoplight.

Instalação.
Modo gráfico: procure e instale stoplight-desktop-bin ou stoplight-bin.
Terminal: use um dos comandos abaixo.
yaourt -S stoplight-desktop-bin
ou
yaourt -S stoplight-bin

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+
Canal no Telegram

Utilizando uma resolução diferente para um programa especifico.

Recentemente mostramos como adicionar uma resolução ao seu monitor (veja o post aqui), e ao testar algumas resoluções acabamos encontrando um pequeno “erro” ao iniciar o programa do WordPress que utilizamos para fazer as publicações aqui do blog.

Em algumas resoluções era impossível utilizar o programa, e para nossa frustração, algumas das resoluções que o programa não funcionava corretamente, era as mesmas que ficava melhor com todo o resto do sistema. Como não conseguimos achar uma solução para que o WordPress funcionasse nas resoluções que desejávamos, resolvemos achar uma solução para o nosso problema.

Lembramos que o xrandr é utilizado para setar resoluções disponíveis para nosso monitor, então resolvemos usa-lo para testar e vermos se ele serviria para o nosso propósito. Com o conhecimento que adquirimos utilizando o Manjaro e em leituras da Wiki tanto do próprio Manjaro quanto do Archlinux, conseguimos utilizar o nosso sistema da maneira mais próxima que nos queríamos.

Verifique abaixo o método usado para que possamos utilizar resoluções diferentes nos programas enquanto o utilizamos. Lembrando que o método funcionara da seguinte forma.

Exemplo:
Seu sistema está com a resolução 1360×800 e o programa funciona melhor na resolução 1280×800, os passos abaixo irá mostrar como fazer a resolução mudar para 1280×800 quando você iniciar o programa e retornar para 1360×800 quando você fechar o mesmo. Instale o programa abaixo antes de fazer o procedimento.

Instalação.

Modo gráfico: procure e instale o pacote arandr.
Terminal: utilize o comando abaixo.
yaourt -S arandr

Queremos deixar bem claro que essa é apenas uma informação que possivelmente pode ser útil para alguém, se você acha que esse método não é o correto e conhece algum método melhor, por favor, nos envie um e mail ou deixe um comentário que iremos verificar.

Primeiramente utilize o comando abaixo no terminal para verificar quais resoluções estão disponíveis para ser utilizadas.

xrandr
Screenshot_20170425_115834

Agora vamos editar o atalho do programa no menu de aplicativos.
Clique com o botão direito do mouse em cima do menu e escolha Editar aplicativos.

Procure pelo programa na aba que abrir, no nosso caso o WordPress.
Screenshot_20170425_115936

Iremos utilizar as resoluções citadas no exemplo acima e por elas estarem disponíveis para nosso monitor.

Altere o comando que inicia o programa de
/usr/share/wpcom/wpcom
para
xrandr -s 1280x800_60.00 && /usr/share/wpcom/wpcom && xrandr -s 1360x800_60.00
Screenshot_20170425_120011

Clique em salvar e feixe a aba.
Screenshot_20170425_125910

Pronto, agora toda vez que você abrir o programa ele irá alterar a resolução configurada e o programa irá funcionar corretamente em seu sistema.

 

Se você utiliza o Manjaro Deepin e não consegue alterar a resolução do seu monitor, siga o tutorial desse link antes de fazer esse procedimento.

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+
Canal no Telegram

 

Telegram- instalação e dicas

Aproveitando a chegada das ligações no Telegram, vamos mostrar como instalar e dar algumas dicas sobre ele.

Vamos deixar a correção para um problemas que tivemos com o Telegram quando ele era instalado no XFCE, ao tentar abrir o programa sempre ocorria o erro. Para o KDE, nós recomendamos o pacote systemqt, instalando ele você poderá abrir o Telegram da Área de notificação apenas clicando no ícone.

Instalação.
Modo gráfico: procure e instale uma das opções, telegram-desktoptelegram-desktop-bin ou telegram-desktop-systemqt.
Terminal: use um dos comandos abaixo.
yaourt -S telegram-desktop
ou
yaourt -S telegram-desktop-bin
ou
yaourt -S telegram-desktop-systemqt

Se acontecer o erro da imagem abaixo use o comando no terminal para corrigir.
rm ~/.local/share/applications/telegramdesktop.desktop

mutqv4kl

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+
Canal no Telegram

LIBERADO MANJARO BUDGIE 17.0.1

Hoje Stefano lançou outra edição da comunidade atualizada: Manjaro-Budgie 17.0.1

Esta versão usa a última versão 10.3.1 do ambiente de trabalho Budgie, que também será a última versão baseada em gtk antes do projeto Solus está indo para a porta Budgie para qt5.

Esperamos que você aprecie esta nova edição e esteja sempre feliz com seus comentários nos fóruns de Manjaro ou para tentar ajudá-lo com quaisquer problemas que possa ter.

Links

 

Este post é apenas uma tradução, o original você enconta aqui.

[ATUALIZAÇÃO ESTÁVEL] 2017-04-25 – FIREFOX, KDE APPS, HASKELL, VIRTUALBOX

Olá comunidade,

Nós principalmente atualizado Firefox, KDE Apps, Haskell, Python e VirtualBox.

Envie-nos comentários como de costume e relatar quaisquer problemas que você possa ver com esta atualização.

Atenciosamente
Philip Müller e a Equipe de Desenvolvimento de Manjaro

Kernels suportados atualmente

  • linux310 3.10.105
  • linux312 3.12.73
  • linux316 3.16.42
  • linux318 3.18.50
  • linux41 4.1.39
  • linux44 4.4.63
  • linux48 4.8.17 [EOL]
  • linux49 4.9.24
  • linux410 4.10.12
  • linux-RT-LTS 4.4.60_rt73
  • linux-RT 4.9.20_rt16

Pacote de atualizações (Segunda-feira 24 de abril 07:49:35 CEST 2017)

  • comunidade i686: 351 novos e 340 pacote removido(s)
  • comunidade x86_64: 352 novos e 341 pacote removido(s)
  • core i686: 5 novos e 5 pacote removido(s)
  • core x86_64: 5 novos e 5 pacote removido(s)
  • extra i686: 490 novos e 489 pacote removido(s)
  • extra x86_64: 490 novos e 489 pacote removido(s)
  • multilib x86_64: 9 novos e 8 pacote removido(s)

Links

 

Este post é apenas uma tradução, o original você encontra aqui.

Edições Comunitárias DEEPIN e LXDE

Com o lançamento do Deepin Desktop 15.4 estamos felizes em poder fornecer uma outra versão estável do Manjaro com este Desktop Linux bastante extraordinário e suas últimas melhorias e novos recursos.

deepin_login_17-0-1

Também depois de uma ausência mais longa de uma edição Manjaro-LXDE a comunidade Manjaro orgulhosamente apresenta uma versão 17.0.1 com este desktop muito leve.

lxde_17-0-1

Enquanto a nossa edição Deepin usa a instalação tradicional unsquash, com o Manjaro-LXDE 17.0.1 você poderá usar a funcionalidade de netinstall da Calamares para selecionar o software desejado. O ambiente ao vivo, neste caso, apresenta apenas o desktop básico.

Esperamos que você aproveite estas edições e esteja sempre feliz com seus comentários em nossos fóruns para tornar Manjaro ainda melhor juntos…

Links

 

Este post é apenas uma tradução, o original você encontra aqui.

Nuvola- integração de música em nuvem para o seu desktop Linux.

Nuvola proporciona vários serviços de streamer no mesmo programa, sendo uma boa opção para vários usuários e principalmente para quem está iniciando no Linux e não conhece muito bem onde encontrar os aplicativos.

Instalação.

Modo gráfico: procure e instale nuvolaplayer e as extensões dos apps que você usa.
Extensões
nuvola-app-soundcloud
nuvola-app-amazon-cloud-player
nuvola-app-bandcamp
nuvola-app-google-play-music
nuvola-app-mixcloud-git
nuvola-app-spotify
nuvola-app-yandex-music
nuvola-app-youtube

Terminal: use os comandos abaixo.
yaourt -S nuvolaplayer
Extensões
yaourt -S nuvola-app-soundcloud
yaourt -S nuvola-app-amazon-cloud-player
yaourt -S nuvola-app-bandcamp
yaourt -S nuvola-app-google-play-music
yaourt -S nuvola-app-mixcloud-git
yaourt -S nuvola-app-spotify
yaourt -S nuvola-app-yandex-music
yaourt -S nuvola-app-youtube

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+
Canal no Telegram

 

[ATUALIZAÇÃO ESTÁVEL] 2017-04-23 – KERNELS, KDE FRAMEWORK, MESA, BUDGIE.

Olá comunidade,

Com esta atualização, temos o mais recente kde-framework, budgie, nova mesa, eudev, alguns pacotes python, haskell e texlive renovados. Além disso, atualizamos a maioria dos nossos kernels. Para os fãs do XFCE, adicionamos novos pacotes de alguns componentes.

Envie-nos comentários como de costume e relatar quaisquer problemas que você possa ver com esta atualização.

Atenciosamente
Philip Müller e a Equipe de Desenvolvimento do Manjaro

Kernels suportados atualmente

  • linux310 3.10.105
  • linux312 3.12.73
  • linux316 3.16.42
  • linux318 3.18.49
  • linux41 4.1.39
  • linux44 4.4.63
  • linux48 4.8.17 [EOL]
  • linux49 4.9.24
  • linux410 4.10.12
  • linux-RT-LTS 4.4.60_rt73
  • linux-RT 4.9.20_rt16

Pacote de Atualizações (Quarta-feira 20 de Abril 09:19:21 CEST 2017)

  • comunidade i686: 251 new and 247 pacote removido(s)
  • comunidade x86_64: 251 new and 247 pacote removido(s)
  • core i686: 13 new and 13 pacote removido(s)
  • core x86_64: 13 new and 13 pacote removido(s)
  • extra i686: 182 new and 184 pacote removido(s)
  • extra x86_64: 182 new and 184 pacote removido(s)
  • multilib x86_64: 7 new and 7 pacote removido(s)

Links

 

Este post é apenas uma tradução, o original você encontra aqui.

Timeshift- uma ferramenta para criar backup automáticos do sistema. [Atualizado 25/01/2018]

Já tem algum tempo que estávamos querendo trazer esta ferramenta aqui no blog, mas devido a algumas “configurações” extras necessárias para que ele funcionasse corretamente no KDE, resolvemos achar a solução antes. Timeshift é uma ferramenta para criar backup do sistema automaticamente, assim podendo criar pontos de restaurações (digamos assim).

Depois de algum tempo com tentativas e erros, descobrimos que só faltava a instalação de alguns pacotes adicionais para seu funcionamento. Então fica aqui a dica, quando instalar programas da AUR e eles não funcionarem corretamente, abra a AUR, faça uma pesquisa do programa e veja se todas as dependências do programa estão instaladas e também instale as dependências que são marcadas como opcionais para ver se resolve seu problema.

Instalação.

Modo gráfico: procure e instale timeshiftgksugnome-keyring.
Terminal: use os comandos abaixo.
sudo pacman -S timeshift gnome-keyring gksu

Instalador.

Baixe o arquivo abaixo se estiver com erros na instalação.
Timeshift

Configuração.

Ao iniciar será pedido sua senha root, digite sua senha e selecione Lembrar senhaSalvar no chaveiro.

Screenshot_20170409_164601

Para que o chaveiro não fique pedindo a senha sempre que iniciar o sistema, você pode deixar a senha em branco e clicar em continuar. (essa dica vale para o google chrome também)
Screenshot_20170409_164638

Clique em continuar na próxima tela também.
Screenshot_20170409_164722

Deixe marcado RSYNC e clique em Next.
(o programa não suporta  o formato como o Manjaro trabalha com Btrfs)
Screenshot_20170407_174522

Escolha o local onde será armazenado o backup.
Screenshot_20170414_163857

Marque quando deve ser feito o backup e a quantidade que será mantida em seu HD para cada escolha.
Screenshot_20170414_163922

Exemplo:
Se em Mensal você escolher a opção 2, o programa não irá fazer 2 backups durante o mês, mas ele irá manter apenas 1 backup para cada um dos 2 últimos meses e excluindo os backups mais antigos há 2 meses.

Se em De hora em hora você escolher a opção 4, o programa não irá fazer 4 backups por hora, mas ele irá manter apenas os 4 últimos backups feito de hora em hora.

Clique em Finish para terminar a configuração.

Se você escolher a opção de fazer backups ao iniciar o sistema, o Timeshift só iniciará o processo de backup após 10 minutos da inicialização.

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+
Canal no Telegram

Controle de fan para laptops Dell.

I8kutils é um utilitário que controla a temperatura do sistema de alguns laptops Dell por meio de ligar e desligar seus fans.  No passado, foi desenvolvido para a série I8000 e esta é a razão para o nome, mas hoje serve para mais do que a série I8000.  Ele não foi implementado com base na documentação da Dell, portanto não é garantido que funcione em todos os modelos.  Use se ele ajuda você.  A Dell não contribuiu para este projeto com a documentação.

Instalação.
Modo gráfico: procure e instale i8kutils-smmtk.
Terminal: use os comandos abaixo.
yaourt -S i8kutils-smm
sudo pacman -S tk

Por não possuirmos um equipamento compatível, não foi possível testar se está funcionando corretamente após sua instalação.

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+
Canal no Telegram

 

Primusrun- lançador para sistema optimus no Manjaro.

Na internet vemos muitos usuários procurando como lançar a Steam já utilizando sua placa gráfica dedicada que utiliza o drive Bumblebee, recentemente foi adicionado na AUR o pacote steam-primusrun-manjaro, que promete fazer esse procedimento para o usuário.

Não possuímos nenhuma placa gráfica para fazer os testes, mas pedimos para um usuário do Manjaro testar o funcionamento do pacote, e segundo ele funciona perfeitamente. Lembrando que este pacote é somente para não precisar fazer nenhuma configuração na Steam para que seja usada sua placa gráfica dedicada.

Instalação.
Modo gráfico: procure e instale steam-primusrun-manjaro.
Termenal: use o comando abaixo.
yaourt -S steam-primusrun-manjaro

Após a instalação é só utilizar o lançador Steam (primus).

Crédito
Imagen: elementaryosandmore

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+
Canal no Telegram

 

Git standup- veja o que você fez no último dia de trabalho.

Lembre-se do que fez no último dia útil.  Ou ser curioso e encontrar o que alguém em sua equipe fez.

Uso.

$ git standup

  • -a (nome do autor)
  • -w (começo da semana-fim da semana)
  • -m (max-dir-profundidade)
  • -f
  • -L
  • -d (dias-atrás)
  • -D (data-format0)
  • -g
  • -h

Abaixo está a descrição de cada uma das bandeiras.

  • -a – Especifique o autor para restringir a pesquisa a (nome ou e-mail)
  • -w – Especifica o intervalo do dia útil para limitar a pesquisa (por exemplo, git standup -w SUN-THU)
  • -m – Especifica a profundidade da pesquisa do diretório recursivo
  • -L – Alternar a inclusão de links simbólicos na pesquisa de diretório recursivo
  • -d – Especifique o número de dias para incluir
  • -D – Especifica o formato de data para “git log”(padrão: relativo)
  • -h – Exibe a tela de ajuda
  • -g – Mostra se o commit é assinado ou não pelo GPG
  • -f – Retorna os compromissos mais recentes

Para o uso básico, tudo o que você tem a fazer é executar git standup em um repositório ou uma pasta contendo vários repositórios.

Veja mais informações de uso aqui.

Instalação.
Modo gráfico: procure e instale git-standup ou git-standup-git.
Terminal: use o comando abaixo.
yaourt -S git-standup
ou
yaourt -S git-standup-git

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+
Canal no Telegram

 

Canal do blog no Telegram

Criamos um canal no Telegram para que todos fiquem mais informados sobre as postagens aqui do blog, como estamos postando conteúdo todos os dias, muitas pessoas acabam perdendo as informações logo que é publicada.

Sempre estamos informando sobre as publicações nas comunidades do G+ e no Facebook, mas para não encher as comunidades somente com as postagens do blog, compartilhamos apenas algumas. Quero aproveitar para agradecer as comunidades Diolinux e Linux Brasil do G+ e ao grupo Manjaro Brasil do facebook, que nos permite o compartilhamento de nossas postagens. Quero agradecer também ao pessoal do Oficina do Tux que sempre nos permite utilizar seus vídeos e compartilhar nossos conteúdos em seu canal no Telegram.

Para quem quiser ficar sempre informado sobre as postagens aqui do blog, acompanhe nosso recém criado canal no telegram, acesse através desse link.

Temos também nossas redes sociais, Twitter, Facebook e G+.

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Re Natal- um utilitário para criar aplicativos React Native rodando em ClojureScript.

O Re-Natal é um simples utilitário de linha de comando que automatiza a maior parte do processo de criação de um aplicativo React Native rodando em ClojureScript com Reagent + re-frame, Om.Next ou Rum.

Para mais recursos ClojureScript React Native visite cljsrn.org.

Instalação.
Modo gráfico: procure e instale re-natal.
Terminal: use o comando abaixo.
yaourt -S re-natal

Veja informações de como criar um novo projeto, desenvolver com Figwheel, executar o aplicativo entre outras, nesse link.

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+
Canal no Telegram

AVL- análise aerodinâmica e dinâmica de voo de aeronaves rígidas.

AVL é um programa para a análise aerodinâmica e dinâmica de voo de aeronaves rígidas de configuração arbitrária. Emprega um modelo de rede de vórtice estendido para as superfícies de elevação, juntamente com um modelo de corpo delgado para fuselagens e nacelles.
Podem ser especificados estados de voo não lineares gerais. A análise dinâmica de voo
Combina uma linearização completa do modelo aerodinâmico sobre qualquer estado de voo, jJuntamente com propriedades de massa especificadas.

Modelo Vortex-Lattice estendido

  • Componentes Aerodinâmicos
    • Superfícies de elevação
    • Corpos esbeltos
  • Definição de configuração
    • Arquivo de entrada de geometria com palavras-chave
    • Seções definidas com interpolação linear
    • Propriedades da seção
      • Camberline é NACA xxxx, ou do arquivo aerodinâmico
      • Deflexões de controle
      • Perfil parabólico arrasto polar, Re-escala
    • Escala, translação, rotação de toda a superfície ou corpo
    • Duplicação de superfície ou corpo inteiro
  • Singularidades
    • Vórtices em ferradura (superfícies)
    • Fonte + linhas de dupleto (corpos)
    • Opção de núcleo finito
  • Discretização
    • Uniforme
    • Seno
    • Coseno
    • Mistura
    • Deflexões de controle
    • Através da inclinação do vetor normal
    • Flaps de borda de ataque ou de arrasto
    • Flaps independentes de discretização
  • Descrição geral do freestream
    • Alfa, ângulos de fluxo beta
    • p, q, r componentes de rotação de aeronaves
    • Tratamento de compressibilidade Subsonic Prandtl-Glauert
  • Saídas aerodinâmicas
    • Forças e momentos aerodinâmicos, em eixos corporais ou de estabilidade
    • Análise de arrasto induzida pelo plano de Trefftz
    • Força e derivados de momentos w.r.t. Ângulos, rotações, controles

Cálculo de compensação

  • Variáveis operacionais
    • alfa, beta
    • p,q,r
    • Deflexões de controle
  • Restrições
    • Restrições diretas sobre variáveis
    • Restrições indiretas através de CL especificado, momentos
    • Vários casos de execução de acabamento pode ser defenidos, salvo, lembrado

Para mais informações, veja neste link.

Instalação.
Modo gráfico: procure e instale avl.
Terminal: use o comando abaixo.
yaourt -S avl

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+

Corrigir Erro- “Não há espaço disponível no dispositivo”.

Muitas vezes ao tentar instalar um pacote/programa da AUR, iremos nos deparar com um erro que pode ou não avisar que estamos sem espaço disponível na pasta /tmp.

Para contornar esse problema, podemos usar um das 3 opções abaixo.

Temos 3 opções para esse erro.
1º Opção- Usar o comando abaixo e reinstalar o pacote.
sudo mount -o remount,size=4G /tmp

2º Opção- Mover a pasta /tmp somente para a instalação do pacote/programa, use o comando abaixo no terminal.
export TMPDIR=/caminho-do-novo-dir

Exemplo: vamos usar a nossa home pois na grande maioria das vezes, sempre está sobrando espaço nela. O comando ficaria assim para usar a home.
export TMPDIR=/home/$USER

Depois de usar o comando para mover a pasta /tmp, instale novamente o pacote/programa pelo terminal

Esta opção só está ativa durante a sessão do terminal.  Se você fechar o terminal e abrir um novo, o comando já não estará funcionando e será preciso usa-lo novamente.

3º Opção- Ao fazer a instalação, criar uma partição de 5gb para a pasta /tmp .
Ao escolher essa opção você receberá um aviso de dupla entrada no fstab, pois irá conter 2 entradas para a pasta tmp.

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+

[Atualização estável] 2017-04-15 – Kernels, Thunderbird, Firefox, Libreoffice.

Olá comunidade,

Trabalhamos duro para obter os mais recentes pacotes do Firefox e Thunderbird prontos. Marcus ajustou seus pacotes OpenRC para ser mais compatível com sua mudança feita para usar elogind de agora em diante. Bernhard revisou um monte de pacotes Deepin e criamos vários candidatos à liberação de sua edição para serem testados por você, nossa comunidade.

Para a nossa comunidade de codificação temos os pacotes haskell mais recentes, como de costume. Para todos usando Manjaro produtivo, temos o mais recente LibreOffice pronto para seus projetos atuais. Também corrigimos alguns drivers gráficos e atualizamos para o último Mesa-Stack. Por último, mas não menos importante, atualizamos alguns dos nossos codecs multimídia e a maioria dos nossos kernels para os lançamentos mais recentes.

Envie-nos comentários como de costume e relatar quaisquer problemas que você possa ver com esta atualização.

Atenciosamente
Philip Müller e a equipe de desenvolvimento de Manjaro

Kernels suportados atualmente

  • linux310 3.10.105
  • linux312 3.12.73
  • linux316 3.16.42
  • linux318 3.18.48 [EOL]
  • linux41 4.1.39
  • linux44 4.4.61
  • linux48 4.8.17 [EOL]
  • linux49 4.9.22
  • linux410 4.10.10
  • linux-RT-LTS 4.4.60_rt73
  • linux-RT 4.9.20_rt16

Atualizações de Pacotes (Sabado Abr 15 11:21:12 CEST 2017)

  • Comunidade i686: 708 novos e 777 pacotes removidos
  • Comunidade x86_64: 745 novos e 813 pacotes removidos
  • Core i686: 31 novos e 31 pacotes removidos
  • Core x86_64: 31 novos e 31 pacotes removidos
  • Extra i686: 348 pacotes novos e 344 removidos
  • Extra x86_64: 348 pacotes novos e 344 removidos
  • Multilib x86_64: 9 novos e 9 pacotes removidos

Links

 

Este post é apenas uma tradução, o original você encontra aqui.

Corrigir erro ao iniciar a steam no Manjaro.

Já mostramos no blog como corrigir o erro de não poder navegar na loja Steam pelo Playonlinux (veja neste link), também o erro ao logar na Steam mas não terminar a atualização de informação (veja neste link).

Mas hoje iremos mostrar como corrigir o erro da steam não inicializar normalmente ou o erro demonstrado na imagem, quando se é inicializada pelo terminal (a mensagem pode modificar de acordo com a sua placa gráfica). Para corrigir esse erro basta instalar o pacote steam-native.

Instalação.
Modo gráfico: procure e instale steam-native.
Terminal: use o comando abaixo.
sudo pacman -S steam-native

Após a instalação é só iniciar a Steam normalmente.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+

Comentar e descomentar automaticamente as seções do arquivo de configuração.

Mir.qualia fornece um script Python 3 para comentar e descomentar condicionalmente blocos em arquivos, por exemplo, arquivos de configuração (dotfiles).  Isso pode ser usado para manter dotfiles para máquinas diferentes em um único repositório de controle de versão e verificar a cópia certa em cada máquina.

Uso básico.
Qualia é um script de filtro, por isso é usado redirecionando stdin e stdout:

$ qualia [qualities] outfile

Qualia reconhece blocos especiais (chamados blocos qualificados) e comentários ou uncomments eles.  Um bloco qualificado tem esta aparência:

# BEGIN laptop
export PATH=”$HOME/bin:$PATH”
# END laptop

A qualidade deste bloco é laptop.  Se laptop é dado como uma qualidade, então qualia irá certificar-se o conteúdo do bloco são uncommented.  Se laptop não é dado como uma qualidade, então qualia irá certificar-se de que o conteúdo do bloco são comentados.

Qualia é idempotente, assim você pode executá-lo várias vezes;  Apenas a última vez entra em vigor:

$ qualia # BEGIN laptop
alias home=”cd /home/bob”
# END laptop

# BEGIN desktop
#alias home=”cd /home/robert”
# END desktop

Usando qualia com filtros Git.
Qualia pode ser usado com filtros Git para descomentar e comentar automaticamente os blocos corretos em diferentes computadores.

Filtros Git: Personalizando o Git – Atributos do Git

Aqui está um exemplo de configuração:

$ cd ~
$ git init
$ git add .bashrc
$ cat <.gitattributes
* filter=qualia
.* filter=qualia
EOF
$ git add .gitattributes
$ git commit -m ‘Initial commit’

Em cada uma de suas máquinas, clone seu repositório de dotfiles e execute:

$ git config filter.qualia.clean qualia
$ git config filter.qualia.smudge “qualia [qualities]”

Agora, sempre que você verificar para fora, cometer, puxar e empurrar seus dotfiles ao redor, sua configuração específica da máquina será sempre comentada e uncomments corretamente em cada máquina.

Observe que, uma vez que o Git aplica seus filtros quando os arquivos são verificados ou comprometidos, talvez seja necessário forçar o Git a aplicar os filtros quando você configurar isso primeiro:

$ rm .git/index
$ git checkout HEAD — “$(git rev-parse –show-toplevel)”

Especificação
Mir.qualia usa versões semânticas.  O comportamento de qualificação de bloco é especificado pelos testes em tests/test_Qualifier.py.  As alterações compatíveis com a versão principal não alterarão esses testes.

Instalação.
Modo gráfico: procure e instale mir.qualia.
Terminal: use o comando abaixo.
yaourt -S mir.qualia

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+

Buildbot- o framework de integração contínua.

O Buildbot suporta a execução paralela distribuída de trabalhos em várias plataformas, integração flexível com sistemas de controle de versão, relatórios de status extensos e muito mais.

Buildbot em Ação.
No seu núcleo, o Buildbot é um sistema de agendamento de tarefas: fila os trabalhos, executa os trabalhos quando os recursos necessários estão disponíveis e relata os resultados.

Sua instalação tem um ou mais masters e uma coleção de trabalhadores. Os masters monitoram repositórios de código-fonte para mudanças, coordenam as atividades dos trabalhadores e relatam resultados aos usuários e desenvolvedores. Os trabalhadores funcionam em uma variedade de sistemas operacionais.

Você configura o Buildbot fornecendo um script de configuração do Python ao master. Esse script pode ser muito simples, configurando componentes internos, mas o poder expressivo total do Python está disponível. Isso permite a geração dinâmica de configuração, componentes personalizados e qualquer outra coisa que você possa inventar.

O framework em si é implementado em Twisted Python, e compatível com todos os principais sistemas operacionais.

Criação, Teste e Liberação Automatizada.
O Buildbot suporta não apenas testes de integração contínua, mas também automação de sistemas de compilação complexos, implantação de aplicativos e gerenciamento de sofisticados processos de liberação de software.

Benefícios da Automação.
Quando os processos de desenvolvimento de software são automatizados, eles são repetitivos, confiáveis e podem ser executados com a frequência que os recursos de computação disponíveis permitem.

Automatizar o processo de construção e teste dá aos desenvolvedores feedback imediato sobre seu trabalho. Os testes podem ser executados em várias plataformas, garantindo que as alterações de código feitas em uma plataforma não causem falhas em outras plataformas.

Uma vez que um projeto está pronto para ser usado pelos usuários, ele é implementado (para aplicativos hospedados, como sites da Web) ou lançado (para software empacotado, como aplicativos de desktop).

A automatização da implantação torna o processo previsível e reduz o risco envolvido em cada empurrão. As alterações podem ser implementadas primeiro em um ambiente de teste e, em seguida, implantadas na produção usando exatamente o mesmo procedimento, eliminando falhas devido a erro humano. As implementações podem ocorrer muitas vezes todos os dias, com apenas pequenas alterações entre cada implantação.

A liberação de software empacotado também se beneficia da automação. O processo pode envolver compilação e empacotamento em múltiplas plataformas, assinatura de compilações, localização de strings, verificações de garantia de qualidade e assim por diante. Quando automatizado com uma ferramenta como Buildbot, tudo isso ocorre de forma repetida e eficiente.

Uma estrutura com baterias incluídas.
Assim como as estruturas da Web, como o Django ou Rails, fornecem a estrutura e os componentes para a construção de sites, o Buildbot fornece a estrutura e os componentes para automatizar seus processos de criação, teste e liberação.

Muitas ferramentas de CI, como CruiseControl ou Jenkins, são estruturadas como aplicações prontas para uso. Os usuários preenchem detalhes específicos, como informações de controle de versão e processo de criação, mas o projeto fundamental é fixo e as opções são limitadas àquelas previstas pelos autores. Este arranjo combina muito bem com os casos comuns: há ferramentas de cookie-cutter para construir e testar automaticamente aplicativos Java, gemas Ruby, e assim por diante. Essas ferramentas incorporam suposições sobre a estrutura do projeto e seus processos. Eles não são adequados para casos mais complexos, como aplicativos de linguagem mista ou tarefas complexas de liberação, onde essas premissas são violadas.

O design do Buildbot permite que sua instalação cresça com suas necessidades, começando com processos simples e crescendo para atender às suas necessidades exclusivas. Esta flexibilidade levou à sua utilização em uma série de alto perfil open-source projetos, incluindo Chromium, WebKit, Firefox, Python e Twisted.

Consulte o Tutorial do Buildbot para uma introdução suave à execução e configuração do Buildbot.

Instalação.
Modo gráfico: procure e instale buildbot.
Terminal: use o comando abaixo.
yaourt -S python-buildbot-www

Plugins.
Console View
Modo gráfico: procure e instale python-buildbot-console-view.
Terminal: use o comando abaixo.
yaourt -S python-buildbot-console-view

Waterfall View
Modo gráfico: procure e instale python-buildbot-waterfall-view.
Terminal: use o comando abaixo.
yaourt -S python-buildbot-waterfall-view

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fonte: buildbot.net

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+

Kodi- instalação de pvrs.

Nós já mostramos aqui como instalar o Kodi, hoje iremos mostrar como instalar os PVRs disponíveis para o mesmo.

Existem vários outros PVRs para o Kodi que ainda não foram portados para a base Arch, assim que aparecer um novo PVR nós estaremos trazendo ele aqui no blog.

Instalação.
Modo gráfico: procure e instale kodi-addon-pvr-iptvsimple.
Terminal: use o comando abaixo.
yaourt -S kodi-addon-pvr-iptvsimple

Modo gráfico: procure e instale kodi-addon-pvr-mythtv.
Terminal: use o comando abaixo.
yaourt -S kodi-addon-pvr-mythtv

Modo gráfico: procure e instale kodi-addon-pvr-hts.
Terminal: use o comando abaixo.
yaourt -S kodi-addon-pvr-hts

Modo gráfico: procure e instale kodi-addon-pvr-vdr-vnsi.
Terminal: use o comando abaixo.
yaourt -S kodi-addon-pvr-vdr-vnsi

Modo gráfico: procure e instale kodi-addon-pvr-vuplus-git.
Terminal: use o comando abaixo.
yaourt -S kodi-addon-pvr-vuplus-git

Suporte para os PVRs aqui

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+

Adicionando a resolução correta ao seu monitor (atualizado 11-01-2018).

Recentemente ao tentar utilizar um programa, o mesmo informou que só funcionava acima de uma resolução mínima especifica, há algum tempo atrás eu já tinha anotado como resolver esse tipo de problema e mostrarei como eu fiz o procedimento.

Quero deixar claro que esse processo foi como eu resolvi o meu problema, pode haver métodos diferentes na internet.

No procedimento eu irei usar a resolução 1280×800, troque pela resolução que deseja aplicar em seu monitor. Antes instale o programa abaixo.

Instalação.

Modo gráfico: procure e instale o pacote arandr.
Terminal: utilize o comando abaixo.
yaourt -S arandr

Faça o todo o procedimento e não copie apenas o resultado final, provavelmente não irá funcionar para você o exemplo abaixo.

  1. Use o comando baixo no terminal.
    • cvt 1280 800 60
    • Copie todo o texto que aparecer a partir da primeira aspas
      • Exemplo:Modeline "1280x800_60.00" 83.50 1280 1352 1480 1680 800 803 809 831 -hsync +vsync
  2. Adicione o texto copiado no passo 1 e adicione ao comando abaixo.
    • xrandr --newmode
      • Exemplo:xrandr --newmode "1280x800_60.00" 83.50 1280 1352 1480 1680 800 803 809 831 -hsync +vsync
  3. Coloque sua resolução no lugar dos x vermelhos e use no terminal.
    • xrandr --addmode DVI-1 xxxxxxxx_60.00
      • Exemplo:xrandr --addmode DVI-1 1280x800_60.00
    • Atenção: use o comando xrandr e veja a “sigla” para seu monitor na linha igual a abaixo, se é VGA1, DVI-1 ou outra denominação
      • Exemplo:DVI-1 connected primary 1280x800+0+0 (normal left inverted right x axis y axis) 280mm x 210mm
  4. Novamente coloque sua resolução no lugar dos x vermelhos e da “sigla” e use no terminal.
    • xrandr --output sigla --mode xxxxxxxx_60.00
      • Exemplo:xrandr --output DVI-1 --mode 1280x800_60.00
  5. Use o comando abaixo para testar e verificar a resolução adicionada.
    • Troque os x vermelhos pela sua resolução
    • xrandr -s xxxxxxxx

Se você usa o Manjaro Deepin não é necessário os passos seguintes, faça o procedimento deste link.

Manter a resolução ao iniciar o sistema.
Troque kate pelo editor de texto do sistema.
kate ~/.xprofile

Adicione na última linha os 3 uĺtimos comandos usados no terminal.

Exemplo:

xrandr –newmode “1280x800_60.00”   83.50  1280 1352 1480 1680  800 803 809 831 -hsync +vsync && xrandr –addmode DVI-1 1280x800_60.00 && xrandr –output DVI-1 –mode 1280x800_60.00

Agora é só reiniciar e usar a resolução escolhida.

Observação.

Se você não encontar o arquivo xprofile, coloque os 3 comandos mencionados acima para iniciar como um programa.

Abra as configurações e vá para Inicialização e desligamento> Iniciar automaticamente, clique em Adicionar programa e cole o comando e depois é só dar Ok (veja a imagen abaixo).

Screenshot_20180111_015727

 

Se você gosta de algum programa e não achou ele no Manjaro,deixe um comentário com o nome do programa que vamos procurar algo equivalente,e se possível entrar em contato com algum desenvolvedor para fazer um port para o Manjaro.

Não esqueça de compartilhar nas redes sociais para que mais pessoas saibam sobre os programas e para incentivar o blog a continuar trazendo mais conteúdo bacana sobre esta distro maravilhosa.

Facebook
Twitter
Google+